Apeadeiro B

Observação de poemas à luz da lupa

Pode um poema viajar num raio de luz? Ou um verso descansar à sombra de uma árvore? Revelar cada grão de poesia, que discreta se acomoda no mundo, pode ser uma acto de investigação cientifica da mais fina subtileza. Tanto, que precisamos dos nossos passos mais largos e fulgurosos para, num lampejo a descobrir.

15 julho_ 10h – 13h_ Jardim da Beira Mar

9setembro_ 10h – 13h_ Jardim da Algodeia

todos os públicos | participação livre

Comments are closed