O Lagarto

Um lagarto aparece no Chiado.
Os populares fogem, assustados.
Surgem a Força Aérea,
a Polícia e o Exército.
Gera-se o pânico e a confusão.
O lagarto, por intervenção das fadas,
que nunca aparecem na história,
transforma-se então em flor e, finalmente,
em pássaro.
E, subitamente, sob a forma de pássaro,
sai voando.

Ficha Artística e Técnica
Criação | Fernando Casaca
Texto original | José Saramago
Interpretação | Fernando Casaca​ | Mário Lobo
Construção de Marioneta | Ana Teresa Casaca
Diaporama com ilustrações | J.Borges
Comunicação e Promoção | Ana Isabel Delgado
                       Design de Comunicação | Paulo Curto Baptista                          Parceria | Fundação José Saramago

Dois atores narram ativa e divertidamente a história deste lagarto, que aparece inesperadamente no Chiado, enquanto são projetadas as ilustrações de J. Borges, para o conto de José Saramago. Em tom de comédia, conto e espetáculo remetem para o imaginário popular e infantil, memórias e estórias coletivas ou tradicionais. De acordo com Saramago, trata-se de uma história de fadas, em que estas nunca aparecem. A curta duração do espetáculo proporciona um período de atividades complementares, predominantemente plásticas com apoio audiovisual. Entre outras possibilidades, sugerimos a construção de lagartos, segundo a técnica de origami.

G A L E R I A

Teaser

Receba as nossas novidades

Subscreva-se e receba as nossas newsletters para estar 100% informado.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.