Eu Também Sou Refugiado_performance

Quem são os refugiados, para além da notícia, da especulação, do medo ou da compaixão?

Procuramos respostas em cada um de nós. Afinal, eu também sou refugiado. Tu és refugiado. Somos todos refugiados. Somos feitos da diversidade migrante, humana. Uns em fuga, acossados das zonas de guerra; outros exilados por divergências políticos, por perseguições ou imposição de sistemas, das mais diversas origens e caraterísticas. Todos transportamos um património biológico, cultural, familiar ou de qualquer outro grupo social que, a curto, médio ou longo termo, testemunha a diversidade das nossas origens e camadas genéticas.

No mundo atual, a realidade dos refugiados é novamente notícia. Impõe-se em números, de deslocados ou mortos, caídos em caminhos desumanos, perigosos, vezes sem conta, na direção da morte.

Eu Também Sou Refugiado – projeto performativo, solidário com a iniciativa com a mesma designação, a decorrer na internet, transformou-se rapidamente em espelho (complexo) de cada um dos criadores envolvidos; a dizer-nos que a história de vida, o nível pessoal, pode atingir dimensão política e social. E desinquietar-nos.


FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Ideia e direção | Fernando Casaca

Texto |  Coletivo

Interpretação | Mariana Portocarrero | Sérgio Miguel Oliveira | Susana Dagaf

Pinturas murais | Luana Sá Pinto | Ricardo Coelho

Edição de Imagem | Susana Dagaf

Design de Comunicação | Paulo Curto Baptista

Produção e Comunicação | Marlene Aldeia

Apoio à Comunicação | Teresa Casaca | Mariana Portocarrero | Sérgio Miguel Oliveira | Susana Dagaf

Agradecimentos | Ateliê Dília Samarth

Apoio | Câmara Municipal de Setúbal | Câmara Municipal de Palmela


14 junho 2017 | Fundação Saramago, Lisboa

5 maio 2017 | Casa da Cultura, Setúbal

5 e 6 março 2017 | Auditório Municipal do Pinhal Novo

ESTREIA | 4março 2017 | Auditório Municipal do Pinhal Novo

 

Comments are closed