SustainAble

Teatro de Rua

O tema central da animação é a Sustentabilidade. As situações desenrolam-se numa ambiência, predominantemente, surrealista. As situações de non sense e a caracterização clownesca dos animadores são, potencialmente, geradoras do cómico. Procura-se através da ação apelar para a responsabilidade de todos na preservação do meio ambiente.

Espaço público ao ar livre – jardim, praia ou outro – recriado através de apontamento cenográfico a implantar no local em que se desenrola a animação. Um indivíduo espalha lixo no chão, sujando tudo à sua volta. Um segundo indivíduo aproxima-se de bicicleta. Não consegue atravessar o local. Procura libertar o caminho, retirando o lixo do chão. Depois de procurar o sítio para depositar o lixo, decide utilizar um cesto de basquete suspenso – numa árvore, num poste de electricidade, num candeeiro de rua ou outro. Quando termina a sua tarefa vê o primeiro indivíduo a abrir a torneira de um chuveiro – o mesmo objeto que serviu anteriormente como cesto de basquete – e prepara-se para tomar banho. O primeiro veste-se de mergulhador, com óculos e barbatanas, etc. Entretanto a água sai do balde/chuveiro onde antes tinha sido depositado o lixo (remete para o “ilusionismo”), sugerindo o processo de reciclagem. O indivíduo que toma banho desperdiça água e o segundo procura recuperá-la com um regador. Quando o regador está cheio de água, o segundo indivíduo utiliza-a de modo equilibrado – rega plantas, lava objectos, etc.


Ficha artística e técnica

Intérpretes | Rita Sales | Fernando Casaca | Lisandra Branco | Tiago da Silva

Operação Técnica | Tiago da Silva

Produção e Comunicação | Marlene Aldeia


1 junho 2010 | Espaço Fontenova, Aveiro | integrado nas Comemorações do Dia Mundial da Criança

ESTREIA | 29 maio 2010 | Parque do Bonfim, Setúbal | integrado no ‘Há Festa no Parque’

Comments are closed