ABETO crescente

Sessões de experimentação artística para bebés

Entendemos a arte como uma necessidade humana e que como tal deve existir na vida de todas as pessoas, bebés inclusive. A arte intervém na formação estética da pessoa, pela possibilidade de fruição de sensações e emoções únicas e, questionar o mundo atual, através da sua ação transformadora das realidades.

Trata-se de promover atividades significativas para os bebés, com intervenções centradas nas suas capacidades e necessidades. Pretende-se ainda, criar um espaço de partilha onde intervêm os adultos que acompanham os bebés, pelo seu papel privilegiado enquanto elementos securizantes e pela importância da relação vinculativa na consolidação de novas experiências de vida.

As atividades e jogos baseiam-se na interação entre todos os participantes, partindo de algumas estratégias que potenciam o desenvolvimento pessoal – através da manipulação de objetos, da experimentação da voz falada, cantada e da respiração, da expressão das emoções e sensações através do gesto – o desenvolvimento interpessoal – explorando a distinção entre o meu corpo e o do outro, percepcionando as emoções dos outros e através do envolvimento e confiança no grupo – o desenvolvimento de capacidades expressivas – por meio da imitação, da exploração do som e do silêncio, da musicalidade, do movimento e da mímica.


Dinamização | Rita Sales

Criado em parceria com a organização Prima Folia


14 maio 2011 | Pavilhão Municipal, Entroncamento

10 e 17 outubro 2010 | Academia Problemática e Obscura, Setúbal

8 outubro 2010 | St. Peters School, Palmela

ESTREIA | 26 setembro 2010 | Academia Problemática e Obscura, Setúbal

Comments are closed